Curso Breve: A interpretação dos sonhos (REALIZ. 23/08/19)

Para alguns a “Interpretação dos sonhos” marca para muitos o início da psicanálise, pois é nela que Freud sistematiza sua visão do Inconsciente, bem como estabelece uma correlação entre o sonho e o sintoma. Nesse encontro vamos nos aprofundar nessa obra na companhia do psicanalista chileno Ignácio Matte-Blanco com seus estudos presentes na obra “Inconsciente como um conjunto infinito”. 

VI Jornada da EPP e do IMK - O Analista Trabalhando (REALIZ. 29 e 30/11/19)

Nessa jornada abordaremos as dificuldades do trabalho do analista, em especial a sua relação com as dimensões da teoria e da técnica em psicanálise. Se de um lado nossas teorias podem nos proporcionar um lugar seguro, nossa técnica nos informa que essa é uma suposta segurança. Nesse momento entra em cena um terceiro elemento que é grupo, o lugar onde essa tensão pode frutificar em novos desenvolvimentos da teoria e da técnica.

Curso Breve: O caso Dora (REALIZ. 20/09/19)

O “Caso Dora” foi o primeiro caso clínico publicado por Freud que ele utilizou a metodologia de investigação dos sonhos desenvolvido na “Interpretação dos Sonhos”, bem como pelo método da livre associação. Esse caso também é importante em função do papel da transferência na psicanálise, e curiosamente, um caso onde a sexualidade infantil não desempenhou um papel importante. 

Curso Breve: Os três ensaios da sexualidade (REALIZ. 18/10/19)

Freud sempre desconfiou do papel da sexualidade infantil como causa das neuroses, sendo a “teoria da sedução” sua primeira tese sobre o assunto. Sendo essa teoria um equívoco, Freud precisou desenvolver uma nova teoria sobre o papel da sexualidade na infância, sendo “Os três ensaios da sexualidade” o resultado dessa nova tese. Nesse encontro acompanhamos o desenrolar desses movimentos, da teoria da sedução à teoria da fantasia, passando pela sexualidade infantil. 

Emília no país da gramática - assimetrias psicanalíticas (Realiz. 19/10/18)

Nesse segundo encontro sobre a obra de Ignácio Matte-Blanco analisamos as formas gramaticais e assimétricas de existência do indivíduo em Monteiro Lobato, bem como sua interação com as formas infinitas da lógica do País das Maravilhas de Lewis Carroll. 

Alice no país de Matte-Blanco (Realiz. 22/06/18)

O psicanalista chileno Ignácio Matte-Blanco faz uma revisão sobre as formas de representações do Inconsciente descritas por Freud e nos legou uma teoria chamada bi-lógica, com impactos na teoria e técnica da psicanálise. Nesse primeiro encontro analisamos o conceito de assimetria e suas implicações clínicas. 

A confiabilidade nas relações humanas no processo terapêutico e maturacional (Realiz. 06/04/18)

Vista pelo prisma psicanalítico winnicottiano, a confiabilidade, mais do que uma qualidade que desejamos nas nossas relações humanas, é uma condição fundamental para que se forme um ambiente que venha a facilitar e possibilitar o desenvolvimento das potencialidades do ser humano e a constituição dos sentidos de realidade.

Estudos sobre histeria (Realiz. 10/05/19)

“Estudos sobre Histeria” marca o início das primeiras sistematizações da técnica psicanalítica. É nele que podemos acompanhar a evolução do método catártico para o de livre associação, bem como a fundamentação de muitos conceitos posteriores como processo primário e secundário. Nesse trabalho Freud também já esboça sua teoria mais controversa: a origem sexual dos sintomas histéricos.

A origem da psicanálise na histeria (Realiz. 12/04/19)

Em nosso primeiro Curso Breve deste ano, discutiremos alguns pontos da história da psicanálise, que se misturam com a história da histeria. Foi através das histéricas, herdeiras de Salpêtière que nasceu o método psicanalítico, a teoria da interpretação dos sonhos, da sexualidade infantil entre outros. Nesse encontro tentaremos estabelecer quais foram as teorias herdadas por S. Freud afim demonstrar melhor suas contribuições para a psicanálise.

Entre Cronos e Prometeu (Realiz. 14/07/17)

Tema: Entre Cronos e Prometeu - Não roubarás!

Ementa: Etiqueta significa pequena ética, o que implica que não existe uma grande ética sem as pequenas ações. No Brasil de hoje talvez nenhum mandamento seja tão maltratado quanto esse, mas onde mesmo começa a noção do que me pertence e do que não me pertence? Será que roubamos somente bens materiais, ou roubamos tempo, atenção. Seria possível roubar um afeto? Nesse encontro discutiremos esses e outros aspectos do que podemos falar em roubo, ética e etiqueta. 

Não adulterarás (Realiz. 23/06/17)

Tema: Não adulterarás: verdades e mentiras que contamos a nós mesmos

Ementa: Adultério vem do latim adulterĭum,ĭi  que significa adultério, crime de adultério, alteração, falsificação, mistura. Muitas pessoas associam a questão do adultério apenas a traição que ocorre entre duas pessoas enamoradas. Mas adulteração, alteração, falsificação e mistura também são seus significados. Nesse sentido adulteramos a realidade conforme nossos desejos, mentimos para nós mesmos. Em um nível social a corrupção tão em voga no noticiário também nasce do pecado do adultério.