Repressão à Histeria

Por Ale Esclapes¹

Antes de adentrarmos nos desenvolvimentos da histeria no século XIX, seria interessante analisarmos alguns aspectos sociais e políticos. No século XVIII na Inglaterra, no período Georgiano, criou-se uma cultura do aristocrata sensível.

Psicanálise e Religião...

Tema: Psicanálise e Religião: Me. Eckart, S. João da Cruz e a Experiência Analítica

Ementa: Os chamados místicos cristãos nos trouxeram uma narrativa onde o paradoxo se mostrou o caminho possível para expressar as suas experiências - por mais que falassem, mais que escrevessem, nunca conseguiram expressar exatamente suas vivências. 

Webnário: É Melhor ser Alegre que ser Feliz (Realiz. 26/10/17)

Os versos da música de Vinícius de Moraes na verdade são “é melhor ser alegre que ser triste”, mas eu considero que uma das maiores tristezas de hoje é o desejo e a busca pela felicidade. Talvez você esteja se perguntando “como assim?!”, mas eu poderia dizer que nossos consultórios estão lotados de pessoas “desejando ser felizes".

Pulsão - História

Por Ale Esclapes¹

A pulsão é um dos conceitos fundamentais da metapsicologia freudiana e que tem suas raízes históricas fincadas na histeria. Nesse vídeo abordo essa arqueologia do conceito de pulsão na história da histeria.

Paul Briquet

Por Ale Esclapes¹

Para esse autor a histeria é uma repetição das paixões. E de quais paixões?: as ruins, penosas, afecções, tristes e violentas. E a crise histérica é uma descarga emocional. Os delírios na histeria tem um aspecto onírico e não eram meros delírios febris - tinham um sentido.

To be or not to be...

Por Ale Esclapes1

Existe um perfil na clínica contemporânea envolvendo mulheres e homens com uma posição razoável nas empresas, entre trinta e quarenta e cinco anos, e que traz um profundo sofrimento. Para falarmos sobre esse perfil precisamos entender dois conceitos muito importantes na vida de uma pessoa:

Webnário: As Origens Inconscientes no Romantismo Alemão (Realiz. 20/07/17)

O movimento romântico alemão foi uma reação ao racionalismo do iluminismo. Foi nesse cenário que autores como Hamman, Shillher, Schelling, Goethe na Alemanha, William Blake na Inglaterra e Rousseau na França, por exemplo, criaram uma alternativa à lógica de Descarte, Voltaire, entre outros.

Solve et coagula...

Tema: Solve et coagula - Paradoxos entre Hegel e Klein

Ementa: Não existe nenhuma evidência que a psicanalista Melanie Klein  tenha lido Hegel, mas é inevitável a aproximação entre ambos. Esse encontro pretende explorar os conceitos de dialética em Hegel e das posições esquizoparanoides e depressivas em Klein, em um jogo incessante pela busca de uma verdade sobre o real.

Fake News

Por Ale Esclapes¹

Compartilhar fake news sabendo do que se está fazendo é um comportamento entre a psicose e a perversão. Quem o faz, no delicado momento político brasileiro, dissemina o ódio e a violência.

Webnário: A Tragédia de Édipo Rei na Psicanálise (Realiz. 12/07/17)

Neste segundo encontro abordamos "a tragédia de édipo na psicanálise" onde foi discutido como Freud buscou na tragédia de Sófocles o estabelecimento das bases do seu famoso Complexo, que juntamente com a Castração formam o núcleo do reprimido. 

As influências...

Tema: As influências de Kant na psicanálise

Ementa: Esse encontro dá continuidade aos estudos das interfaces entre a filosofia e a psicanálise. Qual o impacto na psicanálise da noção de realidade e da forma de apreendê-la concebida por Kant? Em que momento Freud e Kant divergem e por que?